Lideres Inovação Portugueses

Lideres Inovação Portugueses

A inovação fortalece uma economia e melhora a sua competitividade. As empresas mais inovadoras geram novos postos de trabalho e atraem colaboradores qualificados. Captam também mais investimento. Muitas vezes, os principais inovadores apresentam um melhor desempenho quando comparado com os seus concorrentes.

A CGIP criou o Prémio Líderes Inovação Portugueses com o intuito de destacar as principais organizações portuguesas no campo da inovação, orientadas em I&D (investigação e desenvolvimento). Apenas as melhores organizações estão qualificadas a serem galardoadas e a mostrarem o seu extraordinário desempenho.

Medição da capacidade de inovação

Para determinar quais as organizações mais inovadoras, não recorremos a votações ou gostos. A metodologia escolhida foi a análise do número de registos (e pedidos) de patentes por parte de empresas nacionais mundialmente. Focamo– nos apenas nas patentes, a forma mais “árdua” da inovação. Para se poder registar uma patente, é necessário provar a sua singularidade e originalidade. Aquando do pedido de registo da mesma, este é analisado e decide – se se a inovação é digna de ser registada como patente, atribuindo diretos de exclusivadade ao ser titular. 

As patentes não são a única forma de inovação. Existem também inovações menos avançadas, que elevam igualmente a competitividade do inovador. Estão também protegidas pelos direitos de autor. Por exemplo, o software por si só não pode ser registado como patente (na Europa), mas traz uma grande vantagem competitiva e pode significar um aumento das receitas. Contudo, a informação sobre estes tipos de inovações é muito difícil de obter – muitas vezes devido a estas inovações não estarem tão bem protegidas como no caso das patentes. Por esse motivo, não considerámos outros tipos de inovações na nossa análise. 

O investimento em I&D são um bom indicador de inovação. Essa informação está disponível com base em normas contabilísticas. Embora os gastos possam ser um indicador, não é certo qual é o resultado final. Em algumas situações, o custo com a inovação pode ser inútil.

O relatório pode ser descarregado gratuitamente

Uma empresa que não tenha apostado muito em I&D nos últimos anos, para se manter a par com a tecnologia atual, terá, necessariamente, um maior custos de I&D. E muito possivelmente, terá uma maior dificuldade em criar produtos inovadores no sentido da novidade e da singularidade. Num outro artigo (ver aqui), listámos as despesas em I&D das empresas de acordo com a Direcção Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) em 2019. Algumas obtiveram uma classificação muito boa também em termos de registo de patentes, enquanto que outras não parecem ser detentoras de nenhuma patente.

A nossa metodologia

Para determinar quais são as empresas e organizações portuguesas líderes da inovação, recorremos à seguinte metodologia:

  1. Registos de patentes a nível mundial entre 2017 a 2019
  2. Se houver mais do que um titular detentor da patente, cada parte obtem uma pontuação proporcional, i.e, se duas organizações registarem uma patente, cada uma terá 0,5 pontos.
  3. A pontuação final indica a quantidade de patentes registadas para cada organização
  4. Ao analisar as citações posteriores a cada patente, a qualidade da mesma é determinada. Um multiplicador entre 1 e 2 é utilizado para contabilizar a qualidade da patente. Por exemplo, se uma patente tiver 3 citações posteriores (por exemplo, é referida em três outros registos de patentes que não pertencem à mesma família de patentes), o multiplicador aplicado é 1,2
  5. Esta classificação corresponde a 90% da classificação final. Os restantes 10% foram baseados na análise do site das organizações para identificar e medir as suas ambições em exibir as suas atividades em I&D.

O que são famílias de patentes?

Uma família de patentes é uma colecção de pedidos de patentes abrangendo o mesmo conteúdo técnico ou semelhante.

As aplicações numa família estão relacionadas entre si através de reivindicações prioritárias.

Diferentes categorias de prémios

Comparar todas as organizações com patentes registadas umas com as outras não seria justo ou correcto. As universidades, por exemplo, estão aptas a receber investimento público, podendo – se focar completamente em I&D, ao contrário das empresas privadas. Os Politécnicos e as organizações sem fins lucrativos terão, por norma, um orçamento destinado a I&D mais limitativo. Assim, o Prémio Líderes Inovação Portugueses está distribuido em quatro categorias principais:

  • Empresas privadas
  • Universidades
  • Politécnicos
  • Organizações sem fins lucrativos

Ademais, os sectores no qual a inovação se insere também estão organizados em categorias, de modo a que as patentes estejam classificadas em grupos para facilitar a pesquisa e a diferenciação. Cada categoria está vinculada a uma classe:

  • Classe A – Necessidades Humanas
  • Classe B – Operações de Processamento; Transporte
  • Classe C – Química e Metalurgia
  • Classe D – Têxteis e Papel
  • Classe E – Construções Fixas
  • Classe F – Eng. Mecânica; Iluminação; Aquecimento; Armas; Explosão
  • Classe G – Física
  • Classe H – Eletricidade

Cada classe corresponde a uma categoria do Prémio Líderes Inovação Portugueses.

Líderes inovadores (excerto)

Empresas

As empresas portuguesas com a pontuação mais alta em inovações (período 2017 a 2019) são as seguintes:

OrganizaçãoPatentes registradasPontuação
1BIAL – Portela & Cª., S.A.90,0133,1
2Novadelta – Comércio e Indústria de Cafés, S.A.101,093,1
3Grupo Bosch83,582,9
4biosurfit S.A.57,055,8
5Tecnimede, Sociedade Técnico-Medicinal, S.A.43,048,3
6Saronikos Trading and Services, Unipessoal Lda49,046,3
7Technophage, Investigação e Desenvolvimento em Biotecnologia, S.A16,724,6
8Solarisfloat, Lda22,020,3
9Grupo Efacec19,018,9
10Hovione FarmaCiencia S.A.19,018,3
11OLI – Sistemas Sanitários, S.A.18,017,0
12Miranda e Irmão, Lda18,016,8
13Stemmatters, Biotecnologia e Medicina Regenerativa S.A.17,015,9
14Grupo Secil14,515,7
15Corticeira Amorim SGPS14,814,7
16Grupo TMG15,013,8
17Tecnifar – Indústria Técnica Farmacêutica, S.A.7,013,4
18YD Ynvisible S.A.12,512,5
19CTR – Consultoria, Técnica e Representações, Lda12,011,5
20Lankhorst Euronete Portugal, S.A.12,011,0

Alguns registos de patentes foram agrupados, como por exemplo:

  • As patentes do Grupo Bosch contêm patentes registadas para a Bosch Car Multimedia Portugal, S.A. e Bosch Termotecnologia S.A.
  • OLI – Sistemas Sanitários, S.A. contém também patentes registadas sob o nome de Oliveira & Irmão, S.A.
  • Grupo Secil contém patentes registadas sob o nome de CMP – Cimentos Maceira E Pataias, S.A.
  • As patentes do Grupo Efacec incluem patentes registadas para a Efacec Engenharia e Sistemas, S.A., Efacec Energia, Máquinas e Equipamentos Eléctricos, S.A. e Efacec Electric Mobility S.A.

Universidades

As universidades públicas com a pontuação mais alta em termos de inovações (período 2017 a 2019) são as seguintes:

UniversidadePatentes registradasPontuação
1Universidade do Porto87,1102,1
2Universidade de Lisboa89,687,8
3Universidade de Coimbra70,683,5
4Universidade do Minho81,881,1
5Universidade de Aveiro59,856,6

A Universidade Católica Portuguesa é a universidade privada com a classificação mais elevada em termos de inovações em matéria de patentes. É praticamente a única universidade privada envolvida em actividades de patentes.

Institutos Politécnicos

Os Institutos Politécnicos com a pontuação mais alta em inovações (termo 2017 a 2019) são os seguintes:

PolitécnicoPatentes registradasPontuação
1Instituto Politécnico de Leiria48,246,9
2Instituto Superior de Engenharia de Lisboa12,912,5
3Instituto Politécnico de Bragança10,210,0
4Escola Superior de Enfermagem de Coimbra8,58,0
5Instituto Politécnico de Coimbra8,07,8

O Instituto Superior de Engenharia de Lisboa faz parte do Instituto Politécnico de Lisboa.

Organizações sem fins lucrativos

As organizações sem fins lucrativos com a maior pontuação de inovação (período 2017 a 2019) são as seguintes:

OrganizaçãoPatentes registradasPontuação
1INESC TEC40,040,0
2A4TEC39,035,1
3Fundação Champalimaud16,031,8
4INL29,329,1
5IT13,726,0

Como as siglas podem ser enganosas, os nomes completos são:

  1. INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciencia
  2. A4TEC – Association for the Advancement of Tissue Engineering and Cell Based Technologies & Therapies
  3. Fundação D. Anna de Sommer Champalimaud e Dr. Carlos Montez Champalimaud
  4. INL – International Iberian Nanotechnology Laboratory
  5. IT – Instituto de Telecomunicações